11/01/2019 09:00 (atualizado em 31/12/1969 21:00)

Ameosc e Amerios buscam unidade do Hemosc para São Miguel do Oeste Trevisan e lideranças têm encontro com Secretário de Estado da Saúde na semana que vem

Cerca de 700 pessoas da Associação dos Municípios do Extremo Oeste de Santa Catarina (Ameosc) e da Associação dos Municípios do Entre Rios (Amerios), se dirigem mensalmente ao Hemosc de Chapecó, para doação de sangue.

Na tarde desta quinta-feira (10), o prefeito e presidente da Ameosc, Wilson Trevisan, esteve reunido com o presidente da Comissão Intergestores Regional (CIR), Mauro Barella, e com o diretor do Hospital regional Terezinha Gaio Basso (HRTGB), Jeferson Gomes, para tratar da busca pela implantação da unidade do Hemosc no município.

Gomes explicou que o Hemosc ofereceu para o HRTGB, ainda em 2018, a coordenação da Agência Transfusional, mas a intenção da região é que São Miguel do Oeste receba uma unidade completa, para que os doadores não precisem mais se deslocar toda vez a Chapecó. “O Extremo Oeste tem que ser autossuficiente em saúde”.

Trevisan ressaltou que ter a estrutura do Hemosc aqui, é uma demanda antiga da população, dos governos e, especialmente dos profissionais de saúde. “Por isso, estaremos, na próxima semana junto com Barella em Florianópolis, numa audiência com o Secretário de Estado da Saúde, a fim de tratar do assunto. Precisamos diminuir os custos e oportunizar que mais pessoas possam, diariamente, fazer sua doação de sangue e salvar muito mais vidas”.

Veja fotos da matéria

Fonte: ASCOM SMO

Mais notícias