03/02/2019 09:15 (atualizado em 31/12/1969 21:00)

Após temporal dos últimos dias, previsão para domingo é de menos chuva em Santa Catarina Temperatura diminui um pouco na comparação com os últimos dias e a nebulosidade deve predominar.

Os últimos dias foram de muita chuva em Santa Catarina. Porém, a previsão do tempo indica que a situação deve mudar neste domingo. A temperatura diminui um pouco na comparação com os últimos dias e a nebulosidade deve predominar. Há possibilidade de chuva localizada em algumas regiões do Estado, mas com menos intensidade.

De acordo com a Epagri/Ciram, órgão estadual de monitoramento do tempo e do clima, a mudança no tempo ocorre pelo deslocamento da frente fria para o sudeste do Brasil e avanço de uma massa de ar seco pelo Uruguai e Rio Grande do Sul. Dessa forma, as aberturas de sol devem predominar apenas durante a tarde no Oeste e Meio Oeste do Estado.

Apesar da previsão de nebulosidade no Litoral, a Epagri/Ciram alerta para as rajadas de vento e mar agitado, principalmente em Florianópolis e Itapoá. A previsão é que o vento sul chegue a 60 km/h durante o domingo, o que deve deixar o mar agitado e com ondas de até três metros, condição desfavorável para a navegação de pequenas e médias embarcações.

Blumenau registra 83 mm de chuva em três horas

​Após causar estragos materiais na Grande Florianópolis um dia antes, no sábado a região mais afetada pela chuva foi o Vale do Itajaí. Em Blumenau, o índice pluviométrico foi de 61 mm em apenas uma hora, enquanto a vizinha Gaspar registrou 32 mm no mesmo período. Em três horas desta noite, o acúmulo foi de 83 mm na maior cidade da região.

De acordo com a Defesa Civil, as chuvas intensas causaram danos em prédios residenciais e comerciais, além de diversos pontos de alagamento. Os agentes da equipe estão nas ruas de Blumenau fazendo o levantamento dos estragos causados pelo temporal. Também há risco moderado de deslizamentos.

A chuva também atingiu outros municípios neste sábado. Houve pancadas isoladas de chuva com descarga elétrica do Meio-Oeste ao Litoral do Estado, especialmente nas proximidades de Lages e Paulo Lopes, conforme a Defesa Civil.

Veja fotos da matéria

Fonte: DC

Mais notícias