08/02/2019 08:24 (atualizado em 31/12/1969 21:00)

Produção agrícola de SC pode ser prejudicada por aumento nos impostos

O novo ano está começando com decisões que poderão trazer graves prejuízos ao setor agrícola de Santa Catarina. Os decretos assinados no final de dezembro pelo ex-governador Eduardo Pinho Moreira (MDB), se aplicados efetivamente, representarão um grande desestímulo aos produtores catarinenses, afetando a cadeia produtiva de aves e suínos.

Segundo especialistas, os dois decretos elevam as alíquotas do ICMS incidentes sobre insumos usados por avicultores e suinocultores. Eles não terão como repassar os custos às agroindústrias, que já enfrentam dificuldades no mercado em função da crise econômica.

Vem agora a decisão do governo federal, retirando a tarifa antidumping aplicada na importação de leite da União Europeia e da Nova Zelândia. Segundo o presidente da Federação da Agricultura de SC, José Pedrozo, a abertura coloca sob ameaça a cadeia produtiva do leite “que poderá até entrar em colapso”.

As tarifas antidumping e do imposto de importação (28%) que o governo brasileiro vinha aplicando restringiam a importação sem controle de leite em pó, integral e desnatado.

Pedrozo justifica as medidas de proteção, enfatizando que os produtores estrangeiros recebem elevados subsídios da União Europeia.

Veja fotos da matéria

Fonte: NSC

Mais notícias