05/08/2019 10:22 (atualizado em 31/12/1969 21:00)

Chapecoense enfrenta o Grêmio com a missão de surpreender como fez em 2017 Na sequência da luta pela permanência na Série A nacional, Verdão tenta vencer o time gaúcho em Porto Alegre, como fez há dois anos.

Na zona de rebaixamento do Brasileirão e jogando fora de casa contra um dos times classificados à semifinal da Copa do Brasil e às quartas de final da Libertadores, a Chapecoense encara o Grêmio hoje, às 20h, em Porto Alegre, buscando repetir o feito de 2017.

Naquele ano, o Grêmio brigava pelo título brasileiro, também ia bem na Libertadores, em que acabou campeão, e o time catarinense estava na zona de rebaixamento da Série A.  Coincidentemente, os técnicos dos dois times são os mesmos. No caso gaúcho, os bons resultados mantiveram Renato no comando. No caso catarinense, os maus resultados, a exemplo de 2017, colocaram Emerson Cris como técnico interino.

Em 2017, Vinícius Eutrópio tinha deixado o cargo. Com um gol de Artur Caíke, aos 40 segundos do segundo tempo, a Chapecoense venceu o tricolor gaúcho por 1 a 0 e saiu da zona de rebaixamento.

– A gente espera que isso se repita, mas nada acontece por acaso, por sorte. Temos que fazer por merecer. A gente se preparou bem, estudou bastante o adversário. Procuramos deixar todos nas melhores condições para fazer um bom jogo – afirma Emerson Cris.

O técnico do Verdão do Oeste ressalta que o adversário deve vir com força máxima, pois não tem jogo no meio da semana e precisa se recuperar no Campeonato Brasileiro, em que perdeu pontos por poupar titulares em algumas rodadas, priorizando Libertadores e Copa do Brasil.

Mas, mesmo que algum titular fosse poupado, Cris disse que o tricolor tem um bom padrão de jogo. Para tentar surpreender o adversário, montou uma estratégia em que aposta em contra-ataques com Arthur Gomes. Ele deve substituir Henrique Almeida, que não pode atuar porque foi emprestado pelo próprio Grêmio.

– A gente tem que estar preparado para jogar com o Grêmio lá, tem que saber sofrer, mas não só se defender. Temos que criar situações para que possamos surpreender o adversário – projeta o técnico.

Para esse jogo, Emerson Cris não vai poder contar com o zagueiro Douglas, lesionado. Mas Maurício Ramos, que entrou no segundo tempo do jogo contra o Bahia, no empate em 0 a 0, fará sua estreia no time titular. Cris confia na experiência do zagueiro para segurar o atacante Everton, assim como aconteceu em 2017.

Um jogador da Chapecoense que atuou há dois anos é Alan Ruschel. O meia e lateral deve ficar como opção no banco. O time catarinense tem apenas nove pontos em 12 jogos e precisa de pontos para melhorar sua condição na briga contra o rebaixamento.

Ficha técnica

GRÊMIO

Paulo Victor; Leonardo, Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Darlan, Matheus Henrique, Jean Pierre e Alisson; André e Everton. Técnico: Renato Gaúcho.

CHAPECOENSE

Tiepo; Eduardo, Gum, Maurício Ramos e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Augusto, Campanharo  e Camilo; Arthur Gomes e Everaldo. Técnico: Emerson Cris.

Arbitragem: Felipe Lopes de Lima, auxiliado por Guilherme Dias Camilo e Sidmar dos Santos Meurer (trio de MG). Carlos Eduardo Braga (RJ) atua no VAR.

Horário: nesta segunda-feira, às 20h.

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

Veja fotos da matéria

Fonte: DC

Mais notícias