AO VIVO
Fechar
© 2019 - Rádio Progresso Todos direitos reservados

Avaí empata com Cruzeiro e está rebaixado no Brasileirão 2019

Igualdade em 0 a 0 no Mineirão decreta o rebaixamento matemático do Leão da Ilha na Série A

Por Rádio Progresso
Postado em 19 de novembro de 2019 às 03:22.18

O Avaí empatou em 0 a 0 com o Cruzeiro nesta segunda-feira e decretado o rebaixamento matemático no Brasileirão 2019. O resultado no Mineirão não permite que o Leão da Ilha consiga sair do Z4 da Série A nas cinco rodadas que restam da competição. O Cruzeiro segue na briga contra a degola, com um ponto a mais que o Fluminense, o 16º colocado.

O ponto somado no Mineirão, porém, dá ao Avaí a condição de não terminar com a pior campanha da história da Série A do Campeonato Brasileiro - o América-RN foi rebaixado em 2007 com 17 pontos. Foi o primeiro ponto somado pelo Leão da Ilha desde quando passou a ser dirigido por Evando, que assumiu após a saída de Alberto Valentim, há nove rodadas.

Pela 34ª rodada, a próxima do Brasileirão 2019, o Avaí tem duelo local com a Chapecoense. A partida está marada para as 19h de domingo, na Ressacada. Já o Cruzeiro joga no dia anterior, às 21h, contra o Santos na Vila Belmiro.

O jogo

O Avaí começou a partida matematicamente rebaixado. Afinal, o empate decretava a queda. Os primeiros movimentos indicavam que assim seria nesta segunda-feira. Todo fechado, se limitou aos contra-ataques, mas não conseguia encaixar os que o Cruzeiro permitia. Não à toa Vladimir trabalhou bem logo aos três. O tirambaço de Orejuela foi espalmado.

A Raposa ficou em cima, levantando bola na área e usando de triangulações pelos lados. Mas não causava dano. Assim foi até os 20, quando o Avaí adiantou a marcação e saiu de trás para igualar as ações. Aos 25, o Leão fez uma boa jogada que acionou Fábio. Lourenço cruzou da direita para o meio da área para a bicicleta forte de Vinícius Araújo. O goleiro do Cruzeiro estava bem colocado e catou firme.

O lance mostrou que havia caminho para o Avaí vencer. Mas os mineiros retomaram a postura dos instantes iniciais e terminaram o primeiro tempo no campo de ataque e sem gols: 0 a 0 no primeiro tempo, com 70% de posse de bola celeste. O Cruzeiro voltou do intervalo em cima, empurrando o Leão no campo de defesa. Porém, o time catarinense se defendia bem, e não fazia Vladimir aparecer.

Aos 16, o Cruzeiro tinha dois centroavantes em campo e o Avaí se precaveu. Saiu o meia-atacante Luan Pereira e entrou o volante Matheus Barbosa. Aos 23, o Leão mostrou que tinha condição de aparecer na frente. Richard Franco recebeu na frente, pelo lado esquerdo, entrou na área e chutou. Foi fraco e fácil para Fábio abraçar a bola. Sem criar, a Raposa tentou com Thiago Neves de falta. Passou perto do travessão e saiu, aos 26.

O persistente empate decretava o rebaixamento matemático do Avaí. Pedro Castro até tentou evitar a degola antecipada com chute forte aos 31 que teve leve desvio no caminho e quase traiu Fábio. Foi a última boa chegada do Leão na partida. O Cruzeiro até se lançou ao ataque, mas esbarrou na eficiência da defensiva azurra. Já nos acréscimos, o centroavante Matheus Lucas entrou no ataque catarinense, mas não teve chance de mostrar serviço.

Cruzeiro 0 x 0 Avaí

CRUZEIRO

Fábio; Orejuela, Fabrício Bruno, Cacá e Dodô; Henrique e Éderson (Robinho); Marquinhos Gabriel (Pedro Rocha), Thiago Neves e David (Fred); Sassá. Técnico: Abel Braga.

AVAÍ

Vladimir; Lourenço, Eduardo Kunde, Marquinhos Silva e Igor Fernandes; Luanderson (Wesley), Pedro Castro e Richard Franco; Luan Pereira (Matheus Barbosa), Caio Paulista (Matheus Lucas) e Vinícius Araújo. Técnico: Evando.

CARTÕES AMARELOS: Fred, Pedro Rocha e Thiago Neves (C). Igor Fernandes e Vinícius Araújo (A).

ARBITRAGEM: Diego Pombo Lopez (BA), auxiliado por Eduardo Goncalves da Cruz (MS) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA), com Elmo Alves Resende Cunha (GO) no VAR,

BORDERÔ: não informado.

LOCAL: Mineirão, em Belo Horizonte

Fonte: Por João Lucas Cardoso - NSC
Fotos: