AO VIVO
Fechar
© 2020 - Rádio Tunaporã Todos direitos reservados

"Preço do litro de leite pode chegar a R$ 5,00", denuncia supermercadista

Francisco Crestani é contundente: "Nosso maior vírus está vindo das indústrias e não das pessoas"

Por Rádio Tunaporã
Postado em 24 de março de 2020 às 09:05.18

O litro de leite, que vinha sendo comercializado por pouco mais de R$ 2,00, nos próximos dias custará ao redor de R$ 5,00. A denúncia foi feita nesta segunda-feira (23) pelo vice-presidente de Finanças e Gestão da FECOMÉRCIO/SC, Francisco Crestani, diretor da rede Super Vipi, com supermercados em São Miguel do Oeste (SC) e Francisco Beltrão (PR). 

Segundo o empresário, no levantamento realizado na segunda-feira (23) junto às indústrias, foram surpreendidos pelo valor que está sendo cobrado pelo litro de leite, com o valor variando entre R$ 3,10, R$ 3,20, R$ 3,70 e R$ 3,80.  "Com todo o respeito, acho que as indústrias tem que criar vergonha e procurar manter eles também", criticou.

Em tom de desabafo Crestani foi mais contundente ainda quando declarou: "Nosso maior vírus está vindo das indústrias e não das pessoas". O supermercadista revelou também que todos os pedidos que estavam em carteira, foram derrubados.  "Não vão atender, porque os preços eram R$ 2,10, R$ 2,20 e R$ 2,30 e mais alguma coisa. Conforme descreveu, as indústrias colocaram de R$ 1,00 a R$ 1,50 em cima dos valores que vinham sendo praticados.

Para Crestani, "a vergonha ainda não chegou nas indústrias catarinenses. Elas não sabem operar com preço livre". E completou: Acho que o governo tem que  dar uma olhada nisso também. Temos que divulgar, porque senão vamos ficar com a culpa mais uma vez, os bandidos seremos nós".

Numa nota técnica conjunta, o Ministério Público de Santa Catarina (MP/SC) e PROCON recomendam que "no caso de fornecedores que apresentem preços com aumentos abusivos,  que as evidencias ( notas fiscais e cotações) sejam encaminhadas à ACATs, que as encaminhará para o MP/SC".

Fonte: Jornal Regional
Fotos: